Foto Adriano Diogo
Buscar:
redessociaisBlogOrkutFacebookTwitterredes2

Mandato de oposição a Maluf 1993 - 1996

foto Adriano Diogo

Em 1992, foi reeleito vereador de São Paulo e seu mandato se manteve centrado nas questões ambientais e sociais, principalmente nas regiões da Zona Leste da cidade de São Paulo, que foram abandonadas por Maluf.

Foi uma luta diária: fiscalizar e combater as arbitrariedades de Maluf sobre os direitos da população, além de colocar em discussão, na mídia, todos os assuntos de interesse público que não eram considerados na administração Maluf.

Durante esse mandato, entre outras ações, podem ser citadas:

> aprovação da lei de combate à poluição sonora, para conter o aumento do nível de ruído na cidade, o que possibilitou a criação do PSIU.

> contribuiu de maneira decisiva para impedir a implantação de incineradores de lixo em Perus, Santo Amaro e São Mateus, que emitem substâncias causadoras de doenças que vão de problemas respiratórios ao câncer;

> aprovação da lei de sua autoria que cria o Pólo Industrial de Itaquera, bairro da região Leste de São Paulo, que concede isenção de impostos para a implantação de empresas não-poluentes, iniciativa que protege a natureza e gera novos empregos para a região;

> apresentou projeto de lei que cria o Código Municipal de Saúde, que estabelece procedimentos no atendimento à saúde pública, com medidas preventivas e institui os programas de saúde da mulher, criança, adolescente e trabalhador;

> lutou incessantemente para que o prefeito Maluf não interrompesse os programas de atendimento a portadores de AIDS - com o fechamentos dos postos de atendimento da Galeria Prestes Maia e Sapopemba - programas de saúde mental, saúde da mulher e saúde do trabalhador;

> em conjunto com os movimentos de saúde, evitou o fechamento do Hospital Menino de Jesus;

> denunciou as ilegalidades do PAS - Plano de Assistência á Saúde na imprensa, no legislativo e no judiciário;

> revelou à imprensa e ao judiciário as irregularidades no processo de desapropriação do túnel Maria Maluf e das obras do complexo viário Jacu Pêssego;

> apurou irregularidades, como desvio de dinheiro público, cometidas nas obras superfaturadas da avenida Água Espraiada, da passagem de nível da av.Juscelino Kubitschek sob a av. Santo Amaro, do túnel sob o parque Ibirapuera e sob o rio Pinheiros;

> acompanhou e combateu a paralisação da transferência de verbas para os mutirões de casas populares, que interrompeu 82 obras;

> impediu que as populações ribeirinhas fossem despejadas, sem direitos garantidos;

> denunciou o abandono de escolas municipais, sem materiais didáticos, merenda e professores, principalmente no Jardim Ângela e Gleba do Pêssego.

  • Deputado estadual 2005-2013
  • SVMA
  • Governo da reconstrução 2001-2002
  • Oposicao a Maluf 1993-1996
  • Mandato pela Sauude Publica 1997-2000
  • Primeira Legislatura
  • Geologo Sanitarista
  • Movimento Estudantil

Adriano Diogo©Todos os direitos reservados